02/12/20

Cinco vereadores não conseguiram se reeleger em Inhapi.

 
Das 11 cadeiras do legislativo inhapiense, 05 serão ocupadas por vereadores novatos, pois além dos 04 parlamentares que não conseguiram se reeleger, o atual presidente da Câmara que disputou para prefeito também saiu derrotado.

Por: Redação / Crédito: TSE

A dança das cadeiras na Câmara Municipal de Vereadores de Inhapi atingiu quase que a metade da sua composição. Das 11 cadeiras do legislativo inhapiense, 05 serão ocupadas por vereadores novatos, são eles: Berg (PP) com 526 votos; Dico de Orlando (PT) 517; Moab Damasceno (PT) 467; Negão de Valdo Luzia (PP) 433 e Sandro de Dezinho (PP) também com 433 votos, que conseguiram superar dezenas de candidatos, mas principalmente, 05 dos atuais 11 vereadores que não conseguiram se reeleger: Jaqueira (PP) com 354 votos; Beto Malta (PP) 334; Geraldo Coco (PT) 302; Profº Roseildo (PT) 231 e o atual presidente da Câmara Morcego (PT) que disputou para prefeito e também saiu derrotado com 3.738 votos contra 4.740 do prefeito Eleito Tenorinho Malta do (PP).

Deste modo, além dos novatos eleitos acima nominados, completam a lista dos 11 vereadores da Câmara Municipal de Inhapi, os parlamentares reeleitos: Niquinha (PSD) com 380 votos; Cícero de Sessé (PT) 388; Gilson Tenório (PP) 490; Divan Ferreira (PT) 567 e Cição (PP) o vereador mais votado com 583 votos.

VEREADORES NOVATOS ELEITOS

VEREADORES REELEITOS