quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

Cinco vereadores não conseguiram se reeleger em Inhapi.

 
Das 11 cadeiras do legislativo inhapiense, 05 serão ocupadas por vereadores novatos, pois além dos 04 parlamentares que não conseguiram se reeleger, o atual presidente da Câmara que disputou para prefeito também saiu derrotado.

Por: Redação / Crédito: TSE

A dança das cadeiras na Câmara Municipal de Vereadores de Inhapi atingiu quase que a metade da sua composição. Das 11 cadeiras do legislativo inhapiense, 05 serão ocupadas por vereadores novatos, são eles: Berg (PP) com 526 votos; Dico de Orlando (PT) 517; Moab Damasceno (PT) 467; Negão de Valdo Luzia (PP) 433 e Sandro de Dezinho (PP) também com 433 votos, que conseguiram superar dezenas de candidatos, mas principalmente, 05 dos atuais 11 vereadores que não conseguiram se reeleger: Jaqueira (PP) com 354 votos; Beto Malta (PP) 334; Geraldo Coco (PT) 302; Profº Roseildo (PT) 231 e o atual presidente da Câmara Morcego (PT) que disputou para prefeito e também saiu derrotado com 3.738 votos contra 4.740 do prefeito Eleito Tenorinho Malta do (PP).

Deste modo, além dos novatos eleitos acima nominados, completam a lista dos 11 vereadores da Câmara Municipal de Inhapi, os parlamentares reeleitos: Niquinha (PSD) com 380 votos; Cícero de Sessé (PT) 388; Gilson Tenório (PP) 490; Divan Ferreira (PT) 567 e Cição (PP) o vereador mais votado com 583 votos.

VEREADORES NOVATOS ELEITOS

VEREADORES REELEITOS