segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Vice-prefeito eleito de Água Branca era crítico ferrenho do prefeito reeleito Zé Carlos.

Ricardo Lima chegou a se lançar pretenso candidato a prefeito pelo PSDB se apresentando como representante da verdadeira política contra um governo que ele considerava sem rumo e sem projetos voltados a população.

Por: Redação / Crédito: Assessoria

“Coloco meu nome a disposição porque represento a verdadeira nova política que não aceita e não pode se omitir a um governo sem rumo como temos atualmente no comando do nosso município, sem projetos voltados a população, em especial dos mais necessitados. Uma gestão que não cumpre com suas promessas de campanha, que insiste na mesma forma ultrapassada de governar de gestores passados e que como se ainda já não fosse o bastante, não valoriza os excelentes profissionais do quadro de servidores públicos que o município tem, muito menos os potenciais artísticos, culturais e esportivos de nossa amada cidade” – Estas foram às palavras escritas pelo então pretenso candidato pelo (PSDB) a prefeito de Água Branca o advogado Ricardo Lima no dia 09 de Setembro de 2019, há pouco mais de 01 ano antes das eleições. (relembre aqui)

A época, quem lia e ouvia essas palavras, jamais imaginaria que o jovem advogado pretenso candidato a prefeito se aliaria justamente com o prefeito que ele tanto criticava sua forma de governar o município, porém, foi exatamente o que aconteceu com a proximidade das eleições, Ricardo Lima mudou de partido, saiu do PSDB e ingressou no PDT pelo qual se candidatou a vice-prefeito do prefeito Zé Carlos (PP) que acabou sendo reeleito com 53,97% dos votos.