quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

[ELEIÇÕES 2020] Grupo político do prefeito de Canapi sacrificou mandato de vereadores aliados para eleger adversários de 2016.

 

Agnaldo, Urso e Arnaldo Barbosa não se filiaram num mesmo partido o que garantiu a reeleição dos três, principalmente do vereador Urso Biano que mesmo com menos votos que o vereador Zé Divo conseguiu se reeleger.

 Por: Redação / Créditos: TSE

“Nesse governo os adversários de ontem tem mais valor do que os aliados de sempre” Essa foi uma das frases mais curiosas que a equipe da redação do site Central do Sertão recebeu de um eleitor do município de Canapi que preferiu não se identificar ao demonstrar toda sua revolta com o pai do atual prefeito reeleito responsável pela articulação política da campanha do filho. Para ele o ex-prefeito Zé Hermes articulou a derrota do vereador Zé Divo ao permitir a filiação dos vereadores Agnaldo do Capiá, Urso Biano e Arnaldo Barbosa (ex-adversários) em partidos diferentes do grupo do governo, o que acabou favorecendo principalmente o vereador Urso Biano que mesmo com menos votos que o vereador Zé Divo conseguiu se reeleger com 374 votos pelo (DEM), enquanto Zé Divo com 442 votos no (PP) não foi reeleito. Quem também não conseguiu se reeleger foi o vereador Cícero Luciano (DEM) que perdeu por apenas 07 votos, justamente para o vereador Urso Biano com 367 votos.

O mais curioso nesta história toda é que os vereadores não reeleitos Zé Divo (PP) e Cícero Luciano (DEM) são aliados do prefeito reeleito desde a sua primeira eleição, enquanto que os vereadores reeleitos Urso Biano (DEM), Agnaldo (PP) e Arnaldo (DEM) foram adversários e fizeram em 2016 campanha contra o hoje prefeito Vinicius Lima em apoio a Madson Paulino candidato apoiado pelo em prefeito Celso Luiz.