PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Onda de assaltos pode decretar o fim da feira livre de Canapi.

Feirantes começam a desistir de negociar no municipio e dizem que só retornarão após a segurança ser reforçada.


Por: Marcio Martins/Canapi agora
Foto: Montagem

Um verdadeiro caos, assim infelizmente pode ser definida a segurança pública em Canapi que somente nos últimos 15 dias contabilizou mais de 10 motos roubadas, além de todo o faturamento de feirantes e compradores de gado que há décadas negociam no municipio.

As ações criminosas  vem ocorrendo todas as quartas-feiras, justamente nos dias de feira-livre no municipio. Bandidos armados aproveitam o fluxo de motocicletas, veículos e caminhões para montar barricadas e levar os pertencem das vitimas.

Com medo, alguns feirantes desistiram da feira e dizem que só retornarão ao municipio quando a segurança for reforçada. 

"Sou trabalhador, tenho família pra sustentar e não posso trabalhar "feito um doido" durante o dia inteiro para na hora de ir pra casa entregar o fruto do suor do meu rosto a estes marginais. As autoridades deste municipio e do estado precisam reagir não podemos ficar refém destes criminosos" - Desabafou um dos feirantes que preferiu não se identificar.

Além dos feirantes, a população da zona rural também está preocupada, pois temem ser assaltados a qualquer momento, por esse motivo muitos estão deixando seus veículos em casa (carros e motos) e vindo em transportes alternativos. 

"Meu filho tem uma moto e todas as quartas-feira ele vinha comigo fazer a feira, mas com essa onda de assaltos a gente resolveu vir nas caminhonetes, mesmo assim com muito medo, pois eles não dispensam nem a gente, abordam o motorista e assaltam todo mundo" - Disse a agricultora Maria Julia.

O problema atinge a todos, inclusive os comerciantes locais que temem o fim da feira-livre caso os feirantes desistam de vir ao municipio. E ao que tudo indica estamos caminhando para isso, haja visto que com um efetivo que se resume a apenas dois policiais, a Policia Militar se torna ineficiente e os bandidos fazem a festa.
Se por um lado o prefeito Celso Luiz se se vangloria aos quatro ventos de ter fechado seu primeiro ano de governo sem nenhum homicídio registrado no municipio, por outro lado a quantidade de assaltos a mão armada bate todos os recordes.

É preciso pulso firme e ações de combate a criminalidade mais eficiente, é preciso acordar o governo do estado deste sono profundo em que estar a vários anos, investimentos na área da segurança pública neste momento devem ser prioridade, a prefeitura precisa capacitar, ampliar, restruturar e equipar sua guarda municipal e a equipe de seguranças municipais, com presença garantida também na zona rural, já o governo precisa no minimo triplicar o efetivo policial, retirando os milhares de militares do setor administrativo e da segurança pessoal de deputados que em sua maioria absoluta em nada contribuem com o estado, pelo contrário, o afundam cada vez mais com envolvimentos seguidos em atos de corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário