domingo, 4 de janeiro de 2015

Canapiense é nomeado Secretário Municipal de Educação em Monte Negro/RO.

Por: Redação
Crédito: Facebook/Arquivo pessoal e Google Imagens

Residente no município de Monte Negro/RO há quase 10 anos, o canapiense Hélio Franthesko Ramalho dos Santos, professor concursado da rede pública municipal, formado em administração pela FAAR – Faculdades Associadas de Ariquemes/RO é o mais novo Secretário Municipal de Educação do município rondoniense.

Franthesko como é mais conhecido estudou todo ensino médio em Canapi, mas sua formação superior foi em Ariquemes, cidade distante a 54km de sua residência em Monte Negro.

Mais do que uma indicação política, o ingresso do canapiense a Secretaria Municipal de Educação veio da sua formação e competência, haja visto, que nem ele e muito menos sua família tem influência política no município. O que mais influenciou sua indicação pelo prefeito Jair Miotto Junior foi sua formação superior em administração e principalmente sua profissão de professor, profissional que mais do que ninguém conhece todas as mazelas que enfrenta a educação pública brasileira.

Antes de assumir a secretaria, Hélio Franthesko também foi conselheiro municipal do FUNDEB, responsável por fiscalizar os gastos públicos da educação no município. E, diga-se de passagem, membro de um conselho atuante em contato direto com o Ministério Público.

Com apenas 30 anos de idade, Hélio Franthesko em apenas pouco mais de dois meses a frente da secretaria já mostrou para que veio, uma de suas primeiras medidas adotadas a frente da pasta, foi corrigir algumas distorções, tais como; salários de alguns professores abaixo do piso nacional e o retorno de alguns servidores de outras secretarias para a educação, ou seja, ao posto para qual prestaram concurso e foram aprovados. Além disso, o novo secretário já tem reunião agendada com representantes dos servidores e professores do município para discutir transparência nos gastos públicos e o desenvolvimento da educação municipal nos próximos anos, bem como, a valorização dos seus profissionais.

Monte Negro/RO


A cidade de Monte Negro surgiu do Núcleo Urbano de Apoio Rural (NUAR), do projeto de assentamento Marechal Dutra. O seu desenvolvimento sócio-econômico proporcionou-lhe as condições de ser transformado em município pela Lei n.º 378, de 13 de fevereiro de 1992 tendo como decreto que seu aniversário seria comemorado no dia 14 de fevereiro. A denominação de Monte Negro foi criado em homenagem a um acidente do relevo do seu território com esse nome. Sua população estimada em 2010 era de 14.090 habitantes, de acordo com o senso 2010 do IBGE. Passados 5 anos, acredita-se que sua população atualmente já ultrapassa os 20 mil habitantes.

Sua economia é baseada na agricultura e pecuária, também explora o extrativismo vegetal e o turismo, sendo famosas as suas praias a beira do rio Jamari. Monte Negro pode ser considerado um centro de referência na área de pesquisas da saúde em Rondônia e todo Brasil, existe na cidade laboratórios e núcleo avançado de pesquisas ha mais de dez anos na região casos com doenças infecciosas (hanseníase, tuberculose, hepatites, AIDS, doença de chagas, micoses profundas e outras).

Nenhum comentário:

Postar um comentário