domingo, 18 de janeiro de 2015

Disputa Familiar deve esquentar as próximas eleições municipais em Canapi e Mata Grande.

Primos, Jacob Brandão e Celso Luiz devem lançar seus candidatos em lados opostos nos dois municípios em 2016.

Por: Marcio Martins
Crédito: Montagem/Canapi Agora

Atualmente ocupando as cadeiras de prefeito em Mata Grande e Canapi, Jacob Brandão e Celso Luiz, ambos integrantes da família Brandão, já se articulam politicamente para as próximas eleições em 2016, o objetivo é continuar no poder, seja de forma direta como o prefeito Celso Luiz ainda em seu primeiro mandato podendo concorrer à reeleição em Canapi ou indireta como no caso do prefeito de Mata Grande Jacob Brandão reeleito em 2012.

O nome mais cogitado pelo grupo político da atual gestão de Mata Grande é do atual Secretário de Finanças Grabriel Brandão, que também é primo do atual prefeito e deve segundo conversas de bastidores enfrentar outro membro da família, o jovem Luiz Pedro ex-Secretário Municipal de Educação de Canapi, filho do prefeito Celso Luiz.

Conhecendo como poucos a força política do ex-presidente da Assembléia Legislativa, o prefeito Jacob Brandão e seu pai o ex-prefeito Helio Brandão, tentam segundo eles, “aniquilar” a oposição, trazendo para junto do governo grandes lideranças políticas de oposição, como o vereador Orlando Ferraz e o ex-vereador Tino Reis. Por outro lado, a oposição liderada pelo prefeito Celso Luiz não é tão fácil de ser derrotada assim, devendo ganhar forças nos próximos meses com a chegada de novas lideranças ao grupo, como já se cogita inclusive, uma aliança com o ex-prefeito matagrandense Fernando Lou, derrotado por duas vezes consecutivas pelo prefeito Jacob Brandão, mas que ainda não se posicionou sobre o assunto.

Contudo, vendo seu “reinado” ameaçado diante da forte candidatura de oposição, haja visto, a igualdade de poder econômico e político de ambos os grupos, Jacob Brandão e aliados devem combater “fogo contra fogo” objetivando continuar no poder em Mata Grande e “arrancar” seu primo, Celso Luiz da prefeitura de Canapi, tudo isso sem deixar enfraquecer a preferência do eleitorado matagrandense.

Mas se para Celso Luiz vencer as eleições em Mata Grande é uma das disputas mais difíceis de sua carreira política, para Jacob, derrotar Celso Luiz e seu forte grupo político em Canapi é uma missão quase impossível, no entanto, segundo lideranças ligadas ao jovem prefeito, este deve contar com o apoio do ex-secretário de transportes de Canapi  Vavá Mariano, que chegou a ser cogitado candidato a prefeito em 2012 apoiado pelo ex-prefeito Zé Hermes, mas acabou sendo vitima de um “golpe” político e ficou fora da disputa.

A disputa promete, mas pelo menos em Canapi não deve se resumir apenas entre dois grupos políticos, afinal, o ex-prefeito Zé Hermes há alguns meses vem pedindo apoio da população canapiense para o que chama de Projeto/2016, dando a entender que deve disputar as próximas eleições municipais contra o seu “padrinho político” Celso Luiz, responsável por elegê-lo vice-prefeito em 2000 e prefeito em 2004. Outro que deve disputar pela quarta vez as eleições municipais para prefeito é o ex-vereador Tonho Prefeitinho, que segundo ele, volta a colocar seu nome mais uma vez a disposição do povo canapiense, como verdadeira opção de mudança, sem exigir dos membros do seu partido (Democratas) a obrigatoriedade da confirmação do seu nome para candidato a prefeito. De acordo com o ex-vereador, qualquer membro do partido que tenha ficha limpa, aprovação popular e um plano de governo coerente e transformador poderá ser o candidato do partido.

Portanto, muita água ainda vai rolar por baixo desta ponte, muitos acordos ainda serão firmados, alianças desfeitas, muito dinheiro esbanjado, mas no final, quem decidirá é o eleitor, que este sim, é o principal responsável  pelo descaso ou desenvolvimento do município, pois na linha da corrupção política ele é quem decide se sustenta o “esquema”.




Um comentário: