PREFEITURA DE INHAPI

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Motoqueiros armados assaltam loja no centro de Canapi e levam cerca de 15 mil reais em telefones celulares, tablets e aparelhos de informática

Após a fuga, o proprietário chegou a acionar a policia, mas os PMs de plantão afirmaram que nada poderiam fazer pois a viatura estava sem combustível.

Por: Canapi Agora
Crédito: Reprodução/Google Imagens

A ousadia dos bandidos não tem precedente, em pleno horário de "pico", por volta das 13hs da tarde desta segunda-feira, a loja AJ Net de propriedade do ex-vereador Tonho prefeitinho, localizada no centro de Canapi, foi assaltada por dois homens armados em uma motocicleta de modelo e placa não identificados.

De acordo com o proprietário, os criminosos renderam ele, a esposa e alguns clientes com duas espingardas, uma calibre "12" e uma soca tempero, esta ultima, aparentemente de posse de um adolescente, dada a estatura física de um dos meliantes que não pôde ser reconhecido graças a uma camisa que cobria seu rosto. Já seu comparsa também não foi reconhecido pois estava o tempo todo de capacete e de posse da outra arma, esta de grosso calibre. 

No momento do assalto uma criança de apenas 11 anos foi obrigada a recolher junto com um dos bandidos todos os produtos e colocar em um saco. 

Após recolher todos os telefones celulares, tablets e aparelhos de informática que estavam expostos no balcão da loja os meliantes subiram na moto e fugiram com direção ao município de Inhapi, onde ao passar pelo povoado Cova do Casado que fica a caminho do município foram reconhecidos por amigos da vitima, que neste intervalo já haviam sido informados do assalto, mas nada puderam fazer para impedir a fuga dos criminosos. 

Após a fuga, Tonho prefeitinho chegou a acionar a polícia, mas para sua surpresa os PMs de plantão informaram que nada poderiam fazer pois a viatura estava sem combustível. 

Cerca de 15 mil reais em produtos e equipamentos foram levados pelos assaltantes. Esta é a quarta vez que o comerciante é assaltado.

Um comentário:

  1. Não fazer nada por falta de combustível parece até brincadeira de mal gosto

    ResponderExcluir