28/07/21

Historiador e Escritor especialista em narrar às histórias do cangaço recebe título de cidadão honorário de Piranhas.

 Honraria foi concedida pela Câmara Municipal de Vereadores em sessão solene realizada nesta terça-feira (27). 

Por: Redação com colaboração Belmiro Deusdete

O historiador e escritor João de Souza Lima foi homenageado pela Câmara Municipal de Vereadores de Piranhas no alto sertão de Alagoas com o Título de Cidadão Honorário do município durante sessão solene nesta terça-feira (27) realizada no Clube Social Miguel Arcanjo no Centro histórico de Piranhas por iniciativa do vereador José Claudio Pereira dos Santos, proponente da honraria

O evento contou com as  presenças de  Celso Rodrigues (ex prefeito  piranhense), deputado Inácio Loiola, cineasta Aderbal Nogueira, vereadores e convidados.

Em mais um momento importante da sua vida literária, o escritor  foi acompanhado das filhas  Stefany e Letícia, e ainda de Ivan Caetano, Glauber Araújo, Marcus Vinícius, Moura,  Jackson, Antônio Lira, Lázaro Galvão e o casal Edilma e Fábio, capitão Rildo, Donato, Boaventura, dentre outros.

João de Sousa Lima é imortal da ALPA - Academia de Letras de Paulo Afonso, da ASLA -  Academia Santabrigidense  de Letras e Artes, da ABLAC - Academia Brasileira de Artes e Letras do Cangaço, da AACILBRAS - Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil, sócio permanente da SBEC - Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço, secretário da UNEHS - União Nacional de Estudos Históricos e Sociais e ex presidente do IGH/PA - Instituto Geográfico e Histórico de Paulo Afonso.

É ainda membro do IGHP - Instituto Geográfico e Histórico do Pajeú, do GECC - Grupo de Estudos do Cangaço do Ceará e do CECA/NECTAS - Centro de Estudos da Memória do Cangaço da UNEB CAMPUS VIII, conselheiro do Cariri Cangaço,  sócio honorário do GFEC - Grupo Florestano de Estudos do Cangaço e criador do NEC - Núcleo Experimental de Cinema de Paulo Afonso.

Natural de São José do Egito (PE), o escritor é Cidadão Paulafonsino desde 2016 e já tem 22 livros publicados, a maioria deles sobre o cangaço, sua especialidade, 100 anos de Luiz Gonzaga, Rio São Francisco, a Chesf e a cidade de Delmiro Gouveia, além da poesia. 

Para o vereador e atual presidente da Câmara de Vereadores Zé Neto Augusto, que presidiu a sessão solene realizada pelo Legislativo piranhense, a entrega do Título de Cidadão Honorário ao Escritor João de Sousa significa a manifestação de reconhecimento da cidade ao pesquisador que divulgou o nome de Piranhas para todo o país seja por meio do desenvolvimento de pesquisas na área do Cangaço ou como grande disseminador da cultura popular piranhense e nordestina.