19/07/21

[MARCIO MARTINS SEM MEIAS PALAVRAS] Quem são os playboys que mamam nas tetas das prefeituras do sertão alagoano?

 

Não trabalham, mas recebem polpudos salários; para eles a política é negócio; seu partido é o dinheiro que compra as eleições; gostam de ostentar com dinheiro público e só apoiam corruptos para manter a boa vida. Você conhece algum na sua cidade?

Os PLAYBOYS da politicagem coronelista do sertão alagoano geralmente são jovens filhos de famílias tradicionais que se revezam no poder dos municípios onde se concentram o maior percentual de pessoas vulneráveis a pobreza e a miséria, afinal de contas, quanto mais miserável for o povo, mais dependente e fácil de manipular.

Portanto, para identificar quem são esses Playboys que mamam nas tetas da prefeitura, o exercício é bem simples! Basta puxar um pouco na memória quais são as famílias que sempre foram beneficiadas politicamente na história do seu município e como se deu a evolução do seu patrimônio?

Agora se você deseja saber um pouco mais sobre esses filhinhos de papai que não trabalham, mas recebem polpudos salários, acesse o Portal da Transparência do município do sertão alagoano que na sua concepção reflete o tema abordado neste artigo, pois garanto que não vai demorar muito para encontrar vários nomes conhecidos, com salários bem elevados, que nunca deram um único dia de serviço no setor que consta na folha de pagamento da prefeitura, além de concursados ou comissionados que recebem gratificações muitas vezes superiores ao próprio salário e os que mesmo concursados não trabalham, mas recebem como se estivesse trabalhando, uma vez que a própria prefeitura paga alguém para trabalhar no seu lugar.

Deste modo, enquanto uma minoria luxa ao custo das dificuldades da maioria, chegada às eleições, adivinha para quem esses PLAYBOYS irão fazer campanha? Justamente para aqueles candidatos mais corruptos compradores de votos e da dignidade alheia, pois somente o bandidismo político é capaz de assumir o compromisso de manter essa turma mamando nas tetas do governo e ostentando com o dinheiro público enquanto possam de cidadãos honestos e preocupados com o progresso da sua terra e a melhoria das condições de vida dos seus conterrâneos que em grande parte são humilhados com pagamentos de R$: 200,00 e 300,00 que ao contrário dos Playboys que recebem sem trabalhar, chegam a amargar meses de atraso.


MARCIO MARTINS

Residente no pequeno município de Canapi localizado no Alto Sertão do Estado de Alagoas, o Blogueiro/Jornalista (RE) 511961/2009 José Marcio Rodrigues Martins, iniciou no Jornalismo Digital em 2011 com a criação do primeiro blog de notícias de Canapi na internet o "Canapi Agora". Em 2013 concluiu o curso de Jornalismo Online com certificação reconhecida pela ABED -  (Associação Brasileira de Educação a Distância) e se tornou membro associado da ABJ - Associação Brasileira de Jornalismo. Com passagem por diversos sites do Estado de Alagoas, tais como: Rota do Sertão,  Editora Guia Mais, Mais Notícias, Correio Notícias e pelo Portal Minuto Sertão do Grupo Cada Minuto onde ganhou o prêmio Evandro Cardoso de Jornalismo na categoria "blog mais acessado". Marcio Martins que este ano de 2021 completou 10 anos de Jornalismo Investigativo e Independente e que já ultrapassou a marca de 5.000 artigos e matérias publicadas, atualmente integra a equipe de redação do site Central do Sertão, é também escritor, autor do Livro IndignAÇÃO e membro efetivo da ACALA - Academia Arapiraquense de Letras e Artes, onde até o final deste ano (2021), pretende emplacar seu segundo livro, desta vez reunindo uma coletânea das GRANDES REPORTAGENS de sua carreira.

LEIA TAMBÉM!

OLIGARQUIAS: Não basta mudar os rostos é preciso mudar os sobrenomes.

Onde vão parar os milhões gastos nas campanhas políticas que não aparecem nas prestações de contas da Justiça Eleitoral?

 Servidores fantasmas vagueiam impunemente pelas prefeituras do sertão.

Omar Aziz e Renan Calheiros decretam que no Brasil é o rabo que tem que abanar o cachorro.

AGLOMERAÇÃO DO BEM? – Qual o limite da hipocrisia da classe política alagoana?

Você elegeu para vereador um fiscal da lei ou um baba ovo do prefeito?

TRATAMENTO PRECOCE: Por que ser contra um tratamento que tem salvado vidas quando devidamente prescrito pelos médicos?

O descaso do Poder Público com os artistas da terra