02/04/21

Assassino se passa por passageiro e mata pedreiro a tiros dentro de van em Mata Grande

Demais passageiros e motorista foram obrigados a descer do transporte alternativo enquanto a vítima era morto

homem foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na tarde desta quarta-feira (31), por volta das 14h, em uma localidade conhecida como Laje Preta, na zona rural de Mata Grande. A vítima trata-se de um pedreiro identificado como Francisco Alves da Silva, mais conhecido como “Francisquinho”, 54.

O homem estava em Delmiro Gouveia trabalhando em uma obra, quando embarcou em uma van de transporte alternativo, com destino ao Sítio Salgado do Lino, na zona rural de Mata Grande, onde residia. O assassino, ainda não identificado, também entrou na van na mesma ocasião da vítima.

Disfarçado de passageiro, o criminoso seguiu até o Sítio Laje Preta, em Mata Grande, onde, segundo testemunhas, pediu para parar a van, sacou uma arma de fogo, obrigou os demais passageiros e o motorista desembarcarem, enquanto atirou por trás em “Francisquinho”, atingindo-o com vários disparos, grande parte na cabeça. O assassino fugiu tomando destino ignorado.

Não há informações policiais sobre quem praticou o crime nem a respeito do motivo, mas a reportagem apurou que o crime pode ter sido motivado por vingança, visto que Francisco seria apontado como autor de um assassinato.

O caso será investigado pelo delegado Hugo Leonardo Oliveira de Vasconcelos, titular da 28ª Delegacia Distrital de Polícia de Mata Grande. O Instituto Médico Legal de Arapiraca (IML) foi acionado para recolher o corpo.

Fonte: correio noticias