31/08/21

Câmara de Vereadores de Mata Grande realiza palestra sobre os direitos das mulheres em alusão ao Agosto Lilás.

 

Evento idealizado pelo presidente Rodolfo Izidoro foi conduzido pela Associação AME que acolhe mulheres vítimas de violência e organizado pela psicóloga Sarabelle Araújo.

Por: Marcio Martins / Créditos: Central do Sertão

A campanha Agosto Lilás foi criada como parte da luta representada pela Lei Maria da Penha sancionada em 07 de Agosto de 2006 quando surgiu da necessidade de inibir os casos de violência doméstica no Brasil. 

Com a criação do Agosto Lilás, municípios de todo o Brasil passaram a se mobilizar todos os anos promovendo diversas ações de conscientização dos direitos das mulheres e enfrentamento a violência. E em Mata Grande no alto sertão de Alagoas não foi diferente, nesta segunda-feira (30), a Câmara Municipal de Vereadores sob a presidência do Vereador Rodolfo Izidoro tomou a iniciativa ao realizar uma super palestra com profissionais renomados da Associação AME com sede em Maceió.  

A palestra foi um verdadeiro sucesso, pois conseguiu prender a atenção de todo o público presente, que ao final, saiu da Câmara conscientizado sobre os direitos das mulheres e principalmente dos tipos de violências das quais são vítimas diariamente no Brasil (Violência física, psicológica, moral, sexual e patrimonial previstas na Lei Maria da Penha, além da violência obstétrica que embora não esteja na Lei, também foi explorada pela palestrante a advogada Julia Nunes, que não por acaso, foi bastante aplaudida durante sua fala. 


Quem também se fez presente ao evento foram as Polícias; Militar representadas pelo Tenente Lima e seu parceiro de farda. Já a Polícia Civil se fez representada pelo PC Jaeudson, popular "Jajá" que entre outras contribuições para a palestra, trouxeram os números de ocorrências contra as mulheres em Mata Grande, que em 2020 registrou 38 acionamentos e até o presente momento de 2021, já foram 12 ocorrências, além de um caso de feminicídio registrado em 2019. O Tenente Lima ainda falou das dificuldades de punir os agressores uma vez que a maioria das mulheres que prestam queixa acabam desistindo da ocorrência, alegando que queriam apenas dar um susto no companheiro, porém, sempre advertidas pela autoridade policial, que a Polícia não trabalha para dar susto em ninguém, mas sim para cumprir com suas atribuições legais. Lima também pediu o engajamento das autoridades presentes ao evento, pela implantação de uma Delegacia Regional Especializada da Mulher no Alto Sertão, uma vez que, muitas mulheres vítimas de violência doméstica acabam desistindo de fazer a denúncia haja vista que precisam se deslocar para a regional da cidade de Batalha que inclusive também não é delegacia especializada em crimes contra as mulheres e que fica distante há pelo menos duas horas de Mata Grande, motivo pelo qual o Tenente também pediu o apoio dos vereadores e do prefeito para que o plantões retornem para a Regional de Delmiro Gouveia. "É preciso sair apenas do discurso bonito, é preciso ter ação" - Concluiu o Tenente Lima. Após a fala do Tenente, o PC Jajá reforçou as dificuldades relatada pelo Tenente, exaltou o sucesso da parceria entre as Polícias Civil e Militar e encerrou sua fala apresentando os principais canais de denúncia para enfrentamento a violência contra a mulher e vítimas em geral (180, 181, 190 e 100).



Vale ressaltar que ante da palestra pelos profissionais da AME e das falas dos representantes das Polícias Civil e Militar, o evento teve início com a formação da mesa de autoridades com a presença do anfitrião o Presidente da Câmara Vereador Rodolfo Izidoro, ao lado dos vereadores Antoniel, Ivan Malta e Vânio de Pedoca, das ex-vereadoras Josivania e Luzia de Caica, Secretários Municipais, Conselho Tutelar, Movimento de Mulheres e de Jovens, Profissionais de Saúde, do Dr. Gipson Coordenador do CAPS e do Prefeito Erivaldo Mandu. Na ocasião também foram registradas as presenças da imprensa local e regional e da presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Mata Grande Jane Cleide Carvalho. Formada a mesa, o evento teve continuidade com a leitura de um cordel sobre violência contra a mulher de autoria da cordelista Edeildes Araújo, seguido da apresentação de um grupo de xaxado com adolescentes do serviço de convivência de vínculos da Secretaria Municipal de Assistência Social, coordenado pela servidora pública Deyse que também contribuiu com o evento compartilhando um pouco da sua história de vida através de um depoimento pessoal já que também foi vítima de violência domestica fruto de um relacionamento abusivo.



Aberta a palavra a mesa, o presidente Rodolfo Izidoro agradeceu a presença de todos, a disponibilidade dos profissionais da Associação AME para realização da palestra e falou sobre o seu compromisso em sempre abrir as portas da Câmara para discussão de temas importantes para sociedade matagrandense.



Quem também fez uso da palavra foram os demais vereadores presentes, a ex-vereadora Luzia atual assessora especial do prefeito Erivaldo Mandu nas redes sociais e o Dr. Gipson Coordenador do CAPS que enfatizou o avanço de Mata Grande em representatividade feminina nos espaços de poder e liderança. 


Entre os assuntos abordados pelos vereadores e pela ex-vereadora, um fato chamou bastante atenção do público, que foi o repúdio do vereador Antoniel e da ex-vereadora Luzia a ausência das três vereadoras matagrandenses que não compareceram ao evento e não enviaram justificativa. 



O prefeito Erivaldo Mandu foi o último a falar antes da palestrante, na oportunidade o gestor falou do seu empenho para conquista do CISP e aproveitou para anunciar a volta do Banco do Brasil e instalação de uma agência da Caixa Econômica Federal já que segundo o prefeito, agora o município dispõe de uma melhor segurança pública.


Após o show de argumentação, irreverência e conhecimento técnico e jurídico da palestrante Julia Nunes, o encerramento coube a psicóloga no município de Mata Grande, Sarabelle, responsável pela organização do evento com total apoio do Presidente da Câmara Vereador Rodolfo Izidoro, os quais se preocuparam em logo na porta de entrada da Câmara disponibilizar álcool em gel e testes rápidos de Covid-19, não por menos, ao final do evento Sarabelle foi aplaudida de pé pelo público presente.