17/08/21

[MARCIO MARTINS SEM MEIAS PALAVRAS] Dados oficiais do IBGE e do TSE revelam como se perpetuam no poder os coronéis e as oligarquias em Canapi.

Com apenas 3,8% da população ocupada e 69% do eleitoral analfabeto e semi-analfabeto, Canapi cultiva uma histórica tragédia social sem perspectiva de mudança.

A quem interessa manter 69% da população analfabeta e semi-analfabeta que sabe apenas ler e escrever e com ensino fundamental incompleto, mais precisamente 9.201 de 13.314 eleitores, segundo dados atualizados do TSE – Tribunal Superior Eleitoral (Julho/2021) e 3,8% de pessoas ocupadas de um universo de uma população estimada de 17.719 pessoas [IBGE/2020], o que corresponde a apenas 676 pessoas [IBGE/2019]?

Estes são os dados oficiais que qualquer pessoa pode conferir nos sites do IBGE e do TSE que infelizmente revelam uma histórica tragédia social em meu amado Canapi, município do alto sertão de Alagoas e que explicam por si só de onde vem à força dos coronéis e das oligarquias que se perpetuam no poder de Canapi e de tantas outras cidades do país com indicadores sociais semelhantes.

Não é preciso ser nenhum especialista no tema para compreender que o que leva e mantém o povo na miséria decorre principalmente da dependência financeira a quem pode ofertar condições que possibilite algum tipo de melhoria na vida de quem nada tem, agravada pela falta de oportunidade à educação, a profissionalização, a cultura, ao esporte, ao trabalho e a geração de emprego e renda, palavras que soam como xingamentos para os planos e a ganância dos detentores do poder.

Você que reservou um tempinho do seu precioso tempo para ler este artigo, já se perguntou por que já se passaram quase 60 anos de emancipação política do nosso amado município, todos esses anos dominados por somente duas famílias e seus laranjas e mesmo com todo o avanço tecnológico e educacional ainda mantemos esses indicadores sociais alarmantes e as mesmas famílias no poder? Você nunca se incomodou com os milhões desviados do dinheiro público que inclusive levaram para cadeia os três últimos prefeitos que antecederam o atual? E a pergunta principal com a qual encerro mais este artigo... Você sempre dormiu e dorme de consciência tranquila sabendo que é com o seu voto que essa tragédia social se mantém, inclusive sem perspectiva de mudança?

Pense nisso!

Ainda há tempo...


MARCIO MARTINS

Residente no pequeno município de Canapi localizado no Alto Sertão do Estado de Alagoas, o Blogueiro/Jornalista (RE) 511961/2009 José Marcio Rodrigues Martins, iniciou no Jornalismo Digital em 2011 com a criação do primeiro blog de notícias de Canapi na internet o "Canapi Agora". Em 2013 concluiu o curso de Jornalismo Online com certificação reconhecida pela ABED -  (Associação Brasileira de Educação a Distância) e se tornou membro associado da ABJ - Associação Brasileira de Jornalismo. Com passagem por diversos sites do Estado de Alagoas, tais como: Rota do Sertão,  Editora Guia Mais, Mais Notícias, Correio Notícias e pelo Portal Minuto Sertão do Grupo Cada Minuto onde ganhou o prêmio Evandro Cardoso de Jornalismo na categoria "blog mais acessado". Marcio Martins que este ano de 2021 completou 10 anos de Jornalismo Investigativo e Independente e que já ultrapassou a marca de 5.000 artigos e matérias publicadas, atualmente integra a equipe de redação do site Central do Sertão, é também escritor, autor do Livro IndignAÇÃO e membro efetivo da ACALA - Academia Arapiraquense de Letras e Artes, onde até o final deste ano (2021), pretende emplacar seu segundo livro, desta vez reunindo uma coletânea das GRANDES REPORTAGENS de sua carreira.

LEIA TAMBÉM!

Tá faltando vacina contra o vírus da picaretagem de alguns prefeitos nesta pandemia.

TAXA DO LIXO: Alguém tem que pagar o aumento absurdo nos salários da prefeita, do vice e dos secretários de Delmiro Gouveia a partir de Janeiro de 2022.

Quanto mais ladrões, mais queridos!

Quem são os playboys que mamam nas tetas das prefeituras do sertão alagoano?

OLIGARQUIAS: Não basta mudar os rostos é preciso mudar os sobrenomes.

Onde vão parar os milhões gastos nas campanhas políticas que não aparecem nas prestações de contas da Justiça Eleitoral?

 Servidores fantasmas vagueiam impunemente pelas prefeituras do sertão.

Omar Aziz e Renan Calheiros decretam que no Brasil é o rabo que tem que abanar o cachorro.

AGLOMERAÇÃO DO BEM? – Qual o limite da hipocrisia da classe política alagoana?

Você elegeu para vereador um fiscal da lei ou um baba ovo do prefeito?

TRATAMENTO PRECOCE: Por que ser contra um tratamento que tem salvado vidas quando devidamente prescrito pelos médicos?

O descaso do Poder Público com os artistas da terra