22/08/21

[MARCIO MARTINS SEM MEIAS PALAVRAS] Canapi 59 anos de Emancipação & ZERO de independência política.

 


Comemorar o quê? Em terras dominadas por oligarquias a única coisa que desenvolve é a conta bancária dos coronéis.

Como seria bem mais cômodo para mim fazer um pôster parabenizando minha amada terra pelos seus 59 anos de Emancipação Política. Tenho certeza que teria muitas curtidas e muita gente comentando com palminhas a minha postagem. Contudo, que contribuição estaria eu, dando pelo desenvolvimento e progresso da nossa terra ao fazer exatamente o que muitos políticos corruptos daqui e de fora fazem todos os anos como se Canapi fosse realmente livre, vendendo um mundo de ilusão e fantasia de um Canapi em desenvolvimento se por aqui a única coisa que desenvolve mesmo é o patrimônio dos que saqueiam os cofres públicos no nosso município?

São 59 anos de Emancipação, porém ZERO de Independência política, afinal de contas, falar sobre emancipação e independência em um município que sempre foi dominado por duas famílias e seus laranjas, é no mínimo desprezar a capacidade de raciocínio do nosso povo.

E o que temos a comemorar?

- Este sistema assistencialista que escraviza o nosso povo fazendo perpetuar a miséria em detrimento do crescimento patrimonial das mesmas figuras de sempre nessa troca de poder das oligarquias? 

- As centenas e de famílias canapienses que todos os anos veem seus filhos indo embora tentar uma vida melhor porque sua terra natal não oferece condições e seus governantes não fazem nenhum esforço para no minimo amenizar esta triste realidade?

- Os seguidos escândalos de corrupção com repercussão a nível nacional com direito a parte significativa da população nas ruas comemorando a liberdade dos ladrões?

- Mais da metade da nossa população analfabeta e mais de 80% vivendo na pobreza e 40% em extrema pobreza, boa parte dela ainda em casas de taipa em completa situação de vulnerabilidade social?

- Comemorar que apenas 3,8% da população segundo o IBGE/2019 estejam empregadas no município?

- Comemorar o fato da maioria do nosso povo defender político ladrão, vender, trocar e negociar o voto com a maior naturalidade possível? 

- Comemorar a estupidez do marketing político que aponta como exemplo de desenvolvimento a reforma de praças a cada 04 anos? 

- Comemorar a hipocrisia de um governo que aglomera para fazer palanque político ao tempo em que cancela as tradicionais comemorações do aniversário da cidade alegando evitar justamente o que ele promoveu? 

Enfim... Comemorar o quê?

Como já dizia Maquiável

"Como é perigoso libertar um povo que prefere a escravidão"

 MARCIO MARTINS

Residente no pequeno município de Canapi localizado no Alto Sertão do Estado de Alagoas, o Blogueiro/Jornalista (RE) 511961/2009 José Marcio Rodrigues Martins, iniciou no Jornalismo Digital em 2011 com a criação do primeiro blog de notícias de Canapi na internet o "Canapi Agora". Em 2013 concluiu o curso de Jornalismo Online com certificação reconhecida pela ABED -  (Associação Brasileira de Educação a Distância) e se tornou membro associado da ABJ - Associação Brasileira de Jornalismo. Com passagem por diversos sites do Estado de Alagoas, tais como: Rota do Sertão,  Editora Guia Mais, Mais Notícias, Correio Notícias e pelo Portal Minuto Sertão do Grupo Cada Minuto onde ganhou o prêmio Evandro Cardoso de Jornalismo na categoria "blog mais acessado". Marcio Martins que este ano de 2021 completou 10 anos de Jornalismo Investigativo e Independente e que já ultrapassou a marca de 5.000 artigos e matérias publicadas, atualmente integra a equipe de redação do site Central do Sertão, é também escritor, autor do Livro IndignAÇÃO e membro efetivo da ACALA - Academia Arapiraquense de Letras e Artes, onde até o final deste ano (2021), pretende emplacar seu segundo livro, desta vez reunindo uma coletânea das GRANDES REPORTAGENS de sua carreira.

LEIA TAMBÉM!

Dados oficiais do IBGE e do TSE revelam como se perpetuam no poder os coronéis e as oligarquias em Canapi.

Tá faltando vacina contra o vírus da picaretagem de alguns prefeitos nesta pandemia.

TAXA DO LIXO: Alguém tem que pagar o aumento absurdo nos salários da prefeita, do vice e dos secretários de Delmiro Gouveia a partir de Janeiro de 2022.

Quanto mais ladrões, mais queridos!

Quem são os playboys que mamam nas tetas das prefeituras do sertão alagoano?

OLIGARQUIAS: Não basta mudar os rostos é preciso mudar os sobrenomes.

Onde vão parar os milhões gastos nas campanhas políticas que não aparecem nas prestações de contas da Justiça Eleitoral?

 Servidores fantasmas vagueiam impunemente pelas prefeituras do sertão.

Omar Aziz e Renan Calheiros decretam que no Brasil é o rabo que tem que abanar o cachorro.

AGLOMERAÇÃO DO BEM? – Qual o limite da hipocrisia da classe política alagoana?

Você elegeu para vereador um fiscal da lei ou um baba ovo do prefeito?

TRATAMENTO PRECOCE: Por que ser contra um tratamento que tem salvado vidas quando devidamente prescrito pelos médicos?

O descaso do Poder Público com os artistas da terra