sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Adolescente de 17 anos do povo Indígena Koiupanká em Inhapi é aprovada em Direito pelo SISU em Universidade do Estado de Mato Grosso.

Jovem sempre estudou na Escola Estadual Indígena Acelmo Bispo de Souza e usou a nota do ENEM para ingressar no curso desejado.


Por: Redação

A população indígena Koiupanká do município de Inhapi está em êxtase de tanto orgulho para com a aprovação no curso de direito pela adolescente Daiane dos Santos Ferreira de 17 anos, conhecida entre seu povo por Watymanay, residente na Aldeia Baixa do Galo. 

Aluna da Escola Estadual Indígena Ancelmo Bispo de Souza, onde estudou durante toda sua vida escolar da Educação Infantil ao Ensino Médio, Daiane usou a nota do ENEM/2018 mesmo ano de Conclusão do Ensino Médio para ingressar no curso de direito pela Universidade Estadual do Mato Grosso (UNEMAT) através do SISU.