domingo, 1 de dezembro de 2013

Homem foi morto enquanto transitava nas imediações da praça de eventos da cidade


Um crime com traços de pistolagem foi registro pela polícia no início da noite deste sábado (30), na Avenida Pedro Fernandes da Costa, uma das mais movimentadas de São Miguel dos Campos.

José Claudevan Francisco da Silva, de 29 anos, popularmente conhecido por ‘Deva’, foi executado com diversos disparos de pistola calibre 380, enquanto transitava em via pública, nas imediações da praça de eventos da cidade.

Pessoas que assistiam a um show de motos na praça presenciaram tudo e contaram como o crime aconteceu. “A vítima vinha na moto quando dois homens, numa moto CG preta, se aproximaram, o carona deu o primeiro tiro no pneu da moto, depois nas costas dele”, disse a testemunha, que não quis revelar o nome.

Baleado, Deva tentou escapar do atirador, correu, mas foi perseguido e alvejado com outros disparos, sendo atingido em várias parte do corpo, inclusive na cabeça.

Ainda segundo testemunhas, o pistoleiro e piloto da moto evadiram do local, mas retornam para constatar a morte da vítima. “Algumas pessoas tentaram socorrer ele (Deva), mas os homens na moto retornaram e mandaram todo mundo sair, ‘deixa ele morrer’, sai todo mundo”, teria dito o criminoso.

José Claudevan agonizou por alguns minutos antes de vir a óbito, sem receber socorro.

Militares da 1ª Cia, agentes da Polícia Civil e guarnições da Guarda Civil Municipal de São Miguel dos Campos, estiveram no local do crime, mas ainda não existe informações dos criminosos, que fugiram tomando destino ignorado.

Desespero
Familiares e amigos da vítima chegaram ao local do crime, momentos depois, e numa atitude desesperada, abraçavam com o corpo do homem já sem vida.

Uma das irmãs de José Claudevan, ao presenciar a cena do irmão morto, desmaiou e precisou ser amparada e encaminhada ao hospital da cidade.

Os institutos de Criminalística e Médico Legal já foram acionados e devem chegar a qualquer momento a São Miguel dos Campos, para realizar os trabalhos de pericia e recolhimento do corpo.

‘Deva’ havia deixado o presídio há poucos meses, segundo informações da polícia, onde cumpria pena acusado de homicídio.

Do AlagoasWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário