27/04/22

[DENÚNCIA] Idoso com problema cardíaco morre menos de 48h depois de receber alta médica do HRAS para tratamento ambulatorial, denuncia Tony Cloves.

 

“A pedido da família, estive no hospital e falei que o paciente não tinha condições de voltar para fazer tratamento domiciliar ambulatorial e que ele iria voltar para óbito”, lembrou o Fiscal do Povo em vídeo publicado em suas redes sociais.

Por: Redação\Marcio Martins 

E as denúncias contra a administração do HRAS - Hospital Regional do Alto Sertão localizado em Delmiro Gouveia\AL não param! Como se não bastasse às inúmeras reclamações de péssimo atendimento, falta de profissionais e de equipamentos no hospital, nesta quarta-feira (27) mais uma grave denúncia foi divulgada nas redes sociais e grupos de whatsapp pelo ex-conselheiro municipal de saúde Tony Cloves. 

Em um vídeo com duração de 2min51seg, Tony Cloves, popular (Fiscal do Povo), denuncia que um idoso identificado por Elias Vieira Dantas (paciente cardiopata) após duas altas da UPA de Delmiro Gouveia teria dado entrada no HRAS e em menos de 24h recebido alta apenas com um encaminhamento para tratamento ambulatorial. 

“A pedido da família, estive no hospital e falei que o paciente não tinha condições de voltar para fazer tratamento domiciliar ambulatorial e que ele iria voltar para óbito”, lembrou Tony Cloves.

 

Acontece que, infelizmente o “Fiscal do Povo” estava prevendo o pior e em menos de 48h após alta do HRAS, seu Elias Vieira Dantas veio a óbito aos 67 anos. 

Nossa equipe de redação teve acesso ao encaminhamento dado pelo médico para tratamento ambulatorial datada do dia 25\04\2022 e a declaração de óbito do paciente que registrou como causa da morte no dia 27\04\2022 os seguintes diagnósticos: (Parada cardíaca, Insuficiência respiratória e Insuficiência cardíaca), ou seja, todos relacionados à cardiopatia do paciente que infelizmente não foi atendido como deveria quando começou a sentir as dores que acabaram resultando em sua morte, lamentam familiares e amigos. 

Por todo exposto, conforme constatado no vídeo divulgado pelo "Fiscal do Povo" em anexo, ao final, o mesmo afirma que irá pedir o afastamento do médico e da diretora do hospital. 

O que diz a Direção do HRAS 

Através do Jornalista Marcio Martins nossa equipe de redação entrou em contato com a direção administrativa e direção geral do HRAS, mas até o fechamento desta matéria, não obteve nenhum retorno.