28/04/22

[FIM DA NOVELA] A meia noite Câmara de Vereadores de Itaíba\PE aprova reajuste salarial dos professores em 17,2 e 29,5% com retroativo a Janeiro pago em parcela única.

 

Projeto foi colocado para votação em sessão extraordinária convocada nesta quinta-feira (27), na virada dos 60 Anos de Emancipação Política de Itaíba\PE, após um acordo firmado entre governo e professores pela extinção da gratificação de 20% do pó de giz compensado em parte pela criação da gratificação de 10% pelo exercício do Magistério.

Por: Redação\Marcio Martins

Quem vem acompanhando a intensa luta dos professores do município de Itaíba\PE pelo reajuste no Piso Salarial Nacional de 33,24% foi surpreendido na noite desta quarta-feira (27) com a convocação pela Câmara Municipal de Vereadores de uma sessão extraordinária as vésperas dos 60 anos de Emancipação Política do Município (28 de Abril). Em pauta, a aprovação do tão esperado Projeto de Lei que reajusta os salários dos professores da rede municipal de ensino, articulada pelo Presidente da Câmara Eraldo Pequeno (PODE), pela diretoria do SINSEPI – Sindicato dos Servidores Públicos de Itaíba e pelo Diretor Legislativo Jandilson Gomes que foi fundamental em todo o processo de tramitação dos projetos que trataram sobre o tema, mas principalmente, do que foi barrado pelo Poder Legislativo propondo a incorporação do pó de giz ao salário dos educadores e do PL aprovado a meia noite desta quinta-feira, após intensa negociação com o Secretário Municipal de Governo desde as 18 horas no Prédio da Câmara Municipal, até que se chegasse a um consenso com ambas as partes, Governo x Professores (representados pelo SINSEPI) que tiveram que ceder em alguns pontos para que o acordo fosse fechado e o projeto fosse a votação em plenário. 

Destaque também ao apoio incondicional dado a categoria pela vereadora Dinha de Jurandi (PP) – Presidente da Comissão de Educação, pelo vereador Jessé Tenório (PT) e o aguerrido Professor Dimas Magalhães, bem como ao Procurador da Câmara Dr. Diogo que permaneceu na casa do início das discussões de bastidores até 01 (uma) hora da manhã dando suporte jurídico tanto a Câmara quanto a Prefeitura. 

Entre os pontos cedidos pela Prefeitura durante a negociação, o percentual de reajuste que até aquele momento se quer chegou a ser estabelecido, foi reajustado na tabela de vencimento dos educadores em 17,2% para os professores do Fundamental II e em 29,5% para os professores do Fundamental I. A Prefeitura também cedeu à retirada da proposta de incorporação do adicional de 20% do pó de giz, porém, em comum acordo com os representantes da categoria propôs a extinção do adicional a ser compensado com a criação de uma gratificação de 10% pelo exercício do Magistério. E foi ai que o SINSEPI representando os professores itaibenses também teve que ceder, a principio em troca de 15% do novo adicional, mas que horas depois, minutos antes do início da sessão, acabou ficando em 10%. 

Concluído todo o processo de negociação, já passava da meia noite quando a sessão foi encerrada no dia do aniversário de 60 Anos da cidade, coroado com a aprovação por unanimidade entre 10 dos 11 vereadores presentes. Destaque para o pagamento do reajuste com data retroativa a Janeiro a ser pago em parcela única ainda esse mês de Abril, uma importante vitória para os professores itaibenses, que “entre mortos e feridos”, saíram vitoriosos, deixando registrado na história do município de Itaíba, um legado de união, luta por direitos e resistência como poucas vezes se viu no Estado de Pernambuco. 



Liderados pelo Profº Abidoral Alves, pequeno no tamanho, mas gigante na coragem e na determinação, vários professores e professoras, lotaram o Plenário da Câmara de Vereadores por inúmeras vezes, deram a “cara a tapa” nas ruas, fizeram greve, foram perseguidos com a redução de carga horária, a exemplo da Professora Jéssica Fabiana, entre outros.   

Mas, enfim! Termina aqui a NOVELA do reajuste do piso salarial nacional dos Professores de Itaíba\PE. Outras Lutas virão e o site Central do Sertão através do Jornalista Marcio Martins continuará de braços dados com os professores, demais servidores públicos municipais e a população itaibense em geral seja no enfrentamento de qualquer ato autoritário, por ação e ou omissão do governo e de qualquer que seja o mandatário político, restabelecendo a verdade dos fatos, sem meias palavras, doa a quem doer. Contem conosco sempre!