11/04/22

[DIREITO DE RESPOSTA] Prefeito de Canapi diz aceitar pedido de CPI sem nenhuma limitação e pede a inclusão de investigação dos 17 milhões dos precatórios e dos 20 milhões do rombo da previdência na gestão do ex-prefeito Celso Luiz.

 

Só esqueceu de incluir a operação gabiru para a Câmara investigar os milhões que seu pai desviou da merenda escolar quando prefeito e foi condenado por isso, ai o pacote seria completo. Resta agora saber se os vereadores irá prevaricar mais uma vez, comentou Marcio Martins autor do pedido de abertura da CPI.

NOTA: Ascom\Canapi 

Governo Municipal, aceita a CPI sem nenhuma limitação, porém requer ao solicitante a inclusão nos trabalhos de investigação quanto ao paradeiro dos 17 milhões do precatório bem como dos 20 milhões do IPREV (Previdência Municipal) no Governo Celso Luís. 

O governo municipal de Canapi recebe as informações contidas no pedido de abertura de CPI na Câmara de Vereadores com profunda tranquilidade, de modo a não fazer qualquer objeção na apuração dos fatos, mesmo e apesar dos dados relacionados ao contrato, despesas, empenho e respectivos pagamentos encontrarem-se  disponibilizados a qualquer cidadão no portal de transparência (conforme a última avaliação do tribunal de contas referência entre os 10 melhores do estado de Alagoas), e bom ressaltar que as denúncias pautadas no requerimento são peças de denúncias surgidas do embate eleitoral nacional,  sem qualquer relação com nosso município; Dos fatos: Canapi fez pregão eletrônico com aberta e participação de empresas de todo país na aquisição de  kits de robótica, os mesmos adquiridos pelo governo do estado de Alagoas, ressaltando que Canapi comprou com preço inferior mesmo 02 anos depois dos preços praticados pelo governo estadual; entretanto a gestão não se abstendo de suas responsabilidades, requerendo para apoiar o pedido, que tão somente o solicitante inclua adendo na solicitação original em epígrafe, requerendo na mesma CPI que está avance na investigação e elucidação do paradeiro dos 17 milhões desviados do FUNDEB bem como os 20 milhões furtados da previdência social de nossa cidade na gestão Celso Luís. 

Por acreditar na boa fé e principalmente na isenção do solicitante aguardamos a publicação do referido adendo, para assim não só o governo apoiar a iniciativa bem como orientar o líder do governo na casa a pedir ao presidente que seja pautada o início dos trabalhos da comissão parlamentar de inquérito.

 

COMENTÁRIO

E que comentou sobre a Nota da Prefeitura foi o cidadão canapiense e Jornalista Marcio Martins, autor do pedido de CPI. “Só esqueceu de incluir a operação gabiru para a Câmara investigar os milhões que seu pai desviou da merenda escolar quando prefeito e foi condenado por isso, ai o pacote seria completo. Resta agora saber se os vereadores irão prevaricar mais uma vez".