sábado, 16 de março de 2019

Mesmo com 20 milhões sob suspeita de fraudes em licitação, Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia derrubou pedido de CPI contra o prefeito Padre Eraldo.


Dos 11 vereadores da casa, 06 votaram contra a abertura da CPI, o voto de minerva foi do presidente Ezequiel Costa “KEL” alegando que a denuncia não tinha cabimento, um dia antes do MPE/AL cumprir mandato de busca e apreensão na prefeitura.

Por: Redação
Crédito: Ascom/CMVDG e MPE/AL

Seria cômico se não fosse trágico, mas um dia depois da Câmara Municipal de Vereadores de Delmiro Gouveia derrubar o pedido de CPI contra o prefeito Padre Eraldo alegando entre outras coisas, não ter cabimento a denúncia protocolada pelos vereadores; Carlos Roberto (Cacau Correia), Francisco de Assis (Kinho), George Lisboa Júnior, Marcos Antônio da Silva (Marcos Costa), Enoque Batista e Raimundo Valter Benício (Casa Grande), o MPE/AL – Ministério Público Estadual de Alagoas realizou nesta sexta-feira (15) uma grande operação de busca e apreensão na Prefeitura Municipal, concentrada principalmente em supostas irregularidades na contratação de empresa de locação de veículos, exatamente o ponto principal da denúncia feita pelo grupo de vereadores favoráveis a abertura da CPI, com exceção do vereador “Casa Grande” que contradizendo a solicitação inicial foi decisivo para rejeição da abertura da CPI na última sessão ordinária da Câmara na quinta-feira (14).

Vale destacar que o MPE/AL apura contratos com valores aproximados de R$ 20 milhões, investigando fraudes em licitação em diversos tipos de contratos firmados entre a Prefeitura de Delmiro Gouveia e empresas nas áreas de locação de veículos e maquinário, escritórios de contabilidade e de gerenciamento de contratos e prestadoras de serviço para aquisição de combustível e de produtos de laboratório.

Agora a população delmirense quer saber:

Senhor presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Delmiro Gouveia Ezequiel Costa e demais vereadores que assinaram a derrubada da abertura da CPI contra a administração do prefeito Eraldo Cordeiro... Continua sem cabimento à denúncia dos vereadores de oposição ou o MPE também foi induzido ao erro?

Com a palavra os senhores vereadores...