sexta-feira, 29 de março de 2019

Vereador Dalvino Orlando ingressa com ação para retomar o mandato após retorno dos vereadores Zé Jorge e George Tenório em Mata Grande.


Parlamentar diz não entender o porquê do retorno dos dois colegas de parlamento se os três foram afastados no mesmo dia e em decorrência do mesmo processo.

Por: Redação
Foto: Divulgação/TSE

O retorno dos vereadores Zé Jorge e George Tenório a Câmara Municipal de Mata Grande nesta quinta-feira (28) ainda ta dando muito que falar, principalmente porque a decisão judicial que possibilitou os parlamentares de retomarem o mandato, não se estendeu ao vereador Dalvino Orlando que foi afastado no mesmo dia e em decorrência do mesmo processo.

De acordo com fontes ligadas aos vereadores, a ação que resultou no retorno dos dois vereadores teria sido expedida com o intuito de retomar o mandato de 05 dos 06 vereadores afastado da Câmara Municipal de Mata Grande por envolvimentos em esquemas de corrupção envolvendo “suposta” propina oriunda da Prefeitura Municipal e irregularidades na locação de veículos pela Câmara, segundo denúncia do MPE/AL.

Contudo, a decisão judicial em fase da ação protocolada pela defesa dos parlamentares matagrandenses, beneficiou apenas dois dos cinco vereadores, este afastados recentemente em Dezembro/2018 juntamente com o vereador Dalvino Orlando que não foi beneficiado com a decisão.

Procurado por nossa equipe de redação para comentar o caso, o vereador Dalvino Orlando, disse que já acionou seus advogados que ingressarão com um requerimento de extensão da decisão liminar já que se trata do mesmo processo.

O vereador também acredita, que seu retorno não se deu ainda graças a uma manobra política, tanto que, do grupo dos 06 vereadores afastados, apenas o mesmo não foi incluído na ação que resultou no retorno dos dois vereadores ora mencionados, vereadores esses inclusive constantes no mesmo processo que o afastou.

“Apesar dos pesares, estou confiante que a justiça será feita e que meu retorno a Câmara deve ocorrer nos próximos dias” – Disse o vereador Dalvino Orlando.

Vale salientar que uma vez retomado o mandato do vereador Dalvino Orlando, desta vez quem sai é o vereador Vavazinho que com apenas 24 votos entrou para a história política de Mata Grande como o vereador menos votado a assumir uma vaga na Câmara de Vereadores do município.