PREFEITURA DE INHAPI

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Operação resulta nas prisões de traficantes, assaltantes de bancos e ladrões de motos

Ação foi desencadeada em Canapi e Delmiro Gouveia. Um criminoso trocou tiros com a polícia e conseguiu fugir, mesmo ferido.

Ascom - PC/ALUma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar e o Ministério Público, deflagrada na manhã deste sábado (8), nos municípios de Canapi e Delmiro Gouveia, resultou em várias prisões, entre elas acusados de assaltos a bancos, tráfico de drogas e roubos de motocicletas.

A ação começou nos Sítios Logrador e Impueira e no povoado Carié, zona rural de Canapi, onde um criminoso identificado como “Rafa” reagiu à abordagem policial e trocou tiros com as guarnições. O mesmo foi ferido, mas conseguiu fugir pelo matagal. A arma de fogo que ele portava, um revólver calibre 38, foi apreendido.
Outro canapiense preso é “Neném Limão”, acusado de integrar uma quadrilha de roubos a bancos na região. A polícia constatou que o referido tem enriquecido de maneira suspeita, já que não trabalha e de repente passou a ser proprietário de um quarteirão inteiro naquela cidade.

Também foram detidos “Luiz de Tóta” e “Vavá”, ambos apontados como integrantes da mesma quadrilha de “Neném Limão”. No povoado Carié, ainda naquele município, foi preso “Galego da Bahia”, que é acusado de tráfico de drogas e roubo de motos.

A operação se estendeu até o povoado Pedrão, em Delmiro Gouveia, onde foi preso um criminoso conhecido como “Jiboia”, suspeito de pertencer a um grupo responsável por roubos a bancos.

Além da apreensão de arma de fogo, duas motos roubadas foram recuperadas pela polícia. Os presos e o material apreendido foram levados para a Delegacia Regional (1ª-DRP), em Delmiro Gouveia.

Participaram da operação policiais da Rádio patrulha e do Bope de Maceió, além do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) dos 7º e 9º Batalhões de Polícia Militar. Ao menos 30 viaturas auxiliaram na investida que contou com mais de 100 policiais.

O trabalho foi desenvolvido pelo delegado Rodrigo Cavalcanti (1ª-DRP), tenente-coronel Joaz Fontes (9º-BPM), promotor de Justiça Luiz Tenório, do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), delegada Ana Luiza Nogueira, diretora de Polícia Judiciária da Área 1 (DPJA 1) e coronel Albuquerque, comandante de Polícia da Área 1 (CPA 1).

Os mandados de prisões foram expedidos pelo juiz Orlando Rocha Filho, da Comarca de Delmiro Gouveia, após investigações e solicitação da polícia.

De acordo com o delegado Rodrigo Cavalcanti, a operação integrada faz parte de um plano de ação determinado pelo secretário de Defesa Social, Eduardo Tavares, e pelo delegado-geral Carlos Reis, visando combater sistematicamente a criminalidade.


Fonte Minuto Sertaõ 
Crédito: Ascom - PC/AL

Nenhum comentário:

Postar um comentário