PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Ex-detento que tinha acabado de sair da cadeia é assassinado dentro de van em Delmiro Gouveia

Crime aconteceu em trecho da BR-423, próximo a posto fiscal da Receita Federal, no povoado Jardim Cordeiro

Um homem foi assassinado a tiros, dentro de uma van, na tarde desta quinta-feira (15), por volta das 16h, em um trecho da BR-423, no povoado Jardim Cordeiro, em Delmiro Gouveia. Vitor Henrique Fortunato de Oliveira, 21, tinha acabado de sair da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), onde estava preso por tráfico de drogas.
Depois de sair da cadeia, o rapaz, que é morador de Paulo Afonso - Bahia, estava retornando para casa, em uma van de transporte alternativo, quando uma pessoa que ocupava um carro Siena, de cor preta e placa não anotada, que de acordo com testemunhas vinha seguindo a van, aproveitou o momento em que o veículo parou para um passageiro e atirou várias vezes na vítima que morreu na hora.
Vitor estava no último banco da van, de cor prata e placa NVL-0932/Poço Verde - SE. Conforme populares, além dele, o veículo estava com pelo menos outros dez passageiros e um deles, que não teve o nome divulgado, foi baleado durante o atentado. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) o socorreu e levou para o hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso. O estado de saúde dele não seria de risco de morte.
Equipes das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal estiveram na localidade para os primeiros levantamentos e acionaram o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca para remoção do corpo.
De acordo com a Polícia Civil, Vitor tinha sido preso, em março de 2013, no bairro Ponto Chic II, em Delmiro Gouveia. Com ele, foram encontrados R$ 35,00, cinco celulares, uma espingarda calibre 12, com 4 cartuchos; 118 pedras de crack, 200 gramas de maconha, uma balança de alta precisão; um coldre de revólver calibre 38 e uma moto CG 150, de cor preta e placa NTP/1569. Por possuir tatuagem de palhaço nas costas, o rapaz também era suspeito de ser matador de policiais.
O mesmo ganhou liberdade condicional e aproveitou para fugir, mas foi recapturado em agosto deste ano, em Ouro Branco, por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em cumprimento a um mandado de prisão da comarca local, o jovem ficou recluso na 1ª-DRP até esta quinta-feira (15), quando ganhou novamente liberdade condicional e foi assassinado.
Atualizado às 19h10 - foram acrescentadas informações



Fonte: Minuto Sertão

Nenhum comentário:

Postar um comentário