PREFEITURA DE INHAPI

sábado, 10 de outubro de 2015

Mata Grande: Diretora de escola desmente acusações de policiais da Copes (entenda)

Reprodução: Internet A diretora Maria Luzia, do Colégio Estadual Gentil Malta Albuquerque, em Mata Grande conversou com a redação do portal Radar 89 na manhã deste sábado (10), para 
esclarecer um fato que foi registrado na última quinta-feira (8), onde segundo militares da (COPES-Caatinga),
crianças e adolescentes foram flagrados consumido bebida alcoólica e cheirando lança-perfume (loló) em uma festa organizada pela respectiva.

A diretora esclareceu que a festa era realizada para entrega de troféus e medalhas, de um campeonato interno que o colégio tinha promovido durante a semana.

Luzia contou que tinha conversado com o comandante da 3ª – Companhia de Polícia Militar da cidade para informa-lo que o colégio iria realizar a festividade no Mercado Público da cidade, durante a conversa com o capitão Eduardo, a mulher informou, que o oficial teria permitido e a exigiu que evitasse que as comemorações acabassem às 23h.

Maria Luzia contou que sua para sua surpresa foi informada por terceiros que vários policiais estavam na frente do estabelecimento abordando os estudantes e exigiam a presença da mesma.

Ela contou que foi até a entrada do local onde era realizado a festa, e foi insultada pelos policiais, inclusive um deles chegou a esfregar o dedo em seu rosto.

Depois de muita discussão a festa foi encerrada.

Luzia ainda esclareceu que no local não havia extintores e que o m local não oferecia risco como alegaram os militares, ela também esclareceu que nenhum dos alunos da escola estava consumido lança-perfume. Quanto a bebida, ela informou que no local onde foi realizado a festa, existe um bar e que a responsabilidade não é por parte da diretora ou de algum responsável pela escola.


A reportagem conversou com o tenente-coronel Joáz Fontes comandante do 9º-BPM/COPES e ele nos informou que conversou com a diretora durante a sexta-feira (9) e que foi aberto um inquérito para ser investigado o caso.
fonte: radar 89

Nenhum comentário:

Postar um comentário