PREFEITURA DE INHAPI

terça-feira, 25 de abril de 2017

DIGNO DE SER LOUVADO

Porque grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, temível mais que todos os deuses. Salmo 96:4

A sua atitude diante de Deus e a maneira como você o adora, será proporcional ao tamanho do seu Deus; O salmista contrasta neste salmo, o Deus “grande e mui digno de ser louvado” com os deuses criados pelo ser humano.

Se você fabricou seu próprio Deus é lógico que no momento de adorá-lo sua preocupação seja apenas você e seus sentimentos. Por mais que você chame de Deus, ao objeto que suas mãos ou sua mente fabricaram, inconscientemente, você se sentirá superior. Esse tipo de Deus está ao seu serviço. O centro de sua adoração é você, e não Ele.

É impressionante a quantidade de vezes que os salmos enaltecem e destacam a grandiosidade de Deus. Parece que os ensinamentos deste livro se projetassem diretamente para os tempos em que vivemos, onde, para muitos, Deus não passa de uma simples “idéia”.

Assombrou-me a entrevista de um destacado professor universitário que nasceu e cresceu na igreja. “Deus é uma idéia positiva” – afirmou ele, diante das câmeras de televisão: “Se tivesse que dar hoje uma educação para os meus filhos, lhes ensinaria a confiar em Deus. Não como o Deus que os cristãos ensinam. Apenas como uma idéia positiva que faz muito bem.”

Sabe porque o ser humano chega a essa conclusão? Por causa do desejo de libertinagem, que confunde com liberdade. “Não quero um deus que me escravize.” “Eu já superei essa etapa”, diz, tentando libertar-se de qualquer princípio orientador que vá contra seu instinto.

O caminho da felicidade é estabelecido por um Deus “digno de ser louvado”, e mais temível que todos os deuses.” Este temor não nasce do medo e sim da reverência, do reconhecimento de que não sou uma partícula independente, perdida no Universo. Tenho uma origem certa e um destino glorioso. Meu princípio e o meu fim encontram-se no Deus eterno que um dia criou-me por amor.

Por mais que os desafios que você enfrenta hoje sejam grandes. Por mais que você sinta que não tem forças para resistir às provações da vida, não desanime nem desmaie. Não desista, nem esmoreça, “porque grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, temível mais do que todos os deuses.”

Alejandro Bullón

Nenhum comentário:

Postar um comentário