29/03/21

CASAL se pronuncia após vereador fazer duras críticas a atuação da empresa em Mata Grande.

 

Confira o vídeo do parlamentar que repercutiu nas redes sociais na última sexta-feira (26) e em seguida a nota da Assessoria de Comunicação da estatal.


Por: Redação / Nota: Ascom/Casal

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) ressalta que não “pressiona” a população de nenhum dos 77 municípios em que atua. Ela presta seus serviços dentro da legalidade e, como empresa pública, precisa receber por eles para que possa manter os sistemas em funcionamento e fazer novos investimentos. A implantação ou substituição de hidrômetros é um procedimento normal e faz parte da rotina da Companhia em todas as regiões, tendo em vista que esse equipamento tem um tempo de vida útil. A empresa ressalta que, para as famílias de baixa renda, oferece a Tarifa Social, um programa de abrangência estadual que dá um desconto de 50% na tarifa normal de água. Para ter acesso a ele, o interessado deve procurar o escritório da Companhia em sua cidade, munido de documentos pessoais e do imóvel. Se ele estiver dentro dos critérios, será beneficiado. A Casal ressalta ainda que, para melhorar o abastecimento de Mata Grande e outras cidades da região, fez um investimento, com recursos próprios, de R$ 10 milhões (detalhes neste link https://www.casal.al.gov.br/2021/03/modernizacao-de-estacoes-elevatorias-de-agua-vai-beneficiar-mata-grande-e-canapi/). A Companhia também lembra que, sensível ao seu papel social, não aplicou nenhum reajuste tarifário em 2020, como forma de beneficiar toda a população que teve redução de renda em virtude da pandemia de coronavírus, mesmo diante do aumento de custos de seus insumos, como produtos químicos para tratamento da água e energia elétrica, por exemplo. O último reajuste praticado pela empresa ocorreu em julho de 2019, portanto, há quase dois anos.


Maceió, 26 de março de 2021