12/03/21

SINDSCAN cobra esclarecimentos sobre medidas de enfrentamento da pandemia em toda rede municipal de educação em Canapi.

Entidade sindical também quer saber qual a carga horária presencial e remota dos professores e as condições de trabalho ofertadas a todos os profissionais da educação atrelada as medidas preventivas contra a Covid-19.

Por: Ascom/SINDSCAN

Atendendo a uma série de reivindicações de dezenas de servidores públicos, a maioria professores da rede municipal de ensino, o SINDSCAN - Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi, protocolou nesta sexta-feira (12) um ofício de n° 024/202 solicitando informações a Secretaria Municipal de Educação sobre as providências tomadas na rede municipal de educação para o enfrentamento da pandemia na atual Fase Vermelha decretada pelo Governo do Estado.

Entre os principais problemas apontados em que pede esclarecimentos da secretaria, o SINDSCAN pontuou a carga horária presencial e remota dos professores; as ferramentas necessárias para realização do planejamento das aulas remotas; as condições de trabalho de todos os profissionais da educação e as medidas preventivas contra o contágio pelo vírus quando os professores estão na escola. 



Por se tratar de um assunto que demanda extrema urgência no tocante as respostas a serem apresentadas, o SINDSCAN espera que haja sensibilidade por parte do gestor da pasta da educação e do próprio prefeito do município, de modo a evitar qualquer tipo de intervenção judicial.