16/03/21

Professores de todo o Brasil voltam a se mobilizar pela derrubada de vetos presidenciais contra a educação.

 

No sertão de Alagoas, o movimento conta com o engajamento do Sindicato dos Servidores Públicos de Mata Grande, que há anos vem lutando incansavelmente pelo pagamento do rateio dos precatórios do antigo Fundef. 

Por: Redação 

Mais uma vez, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mata Grande (SSPMMG) se soma aos professores e entidades sindicais de todo o Brasil na luta pela derrubada do veto presidencial 48/2020 que proibiu o rateio dos 60% dos precatórios do antigo Fundef para os professores após aprovação pela Câmara e pelo Senado Federal.

Em tempos de Pandemia, toda mobilização tem sido feita através da internet e impulsionada através das redes sociais. Além do veto 48/2020, a campanha DERRUBE O VETO também pede a derrubada pelo Congresso Nacional do veto 39/2020, indispensável para que as escolas possam se preparar para o retorno seguro às aulas presenciais.

Para chamar a devida atenção dos integrantes que compõem as duas casas do Congresso Nacional, os educadores, seus sindicatos e organizações de classe, elaboraram folders com mensagens destinadas aos parlamentares sobre o porquê os vetos do presidente que atingiram diretamente a educação precisam ser derrubados. Confira! 






CALOTE, NÃO!

#DefendaAeducação