05/03/21

Divergência entre decretos do governo do estado e da prefeitura de Mata Grande deixa donos de bares sem saber qual decreto seguir.

 

Foto: Google/Imagens

Decreto estadual determina o funcionamento dos bares até as 23h, já o decreto municipal assinado pelo prefeito Erivaldo Mandu proíbe a abertura após as 18h.

Por: Redação

Com o agravamento do número de casos e de mortes em decorrência da Covid-19, Governo do Estado e prefeitos vem tomando decisões divergentes esta semana com relação às medidas restritivas para o enfrentamento e combate ao avanço do vírus por todo o estado de Alagoas. Um exemplo disso ocorre no município de Mata Grande onde um decreto assinado pelo prefeito Erivaldo Mandu, proíbe a abertura de bares após as 18h, enquanto o Decreto Estadual assinado pelo Governador Renan Filho permite o funcionamento até as 23h.

“Nos preocupamos com o vírus e temos feito o que é possível para nos proteger e proteger nossos clientes, contudo precisamos trabalhar para poder sustentar nossas famílias e pagar as nossas contas, por isso mesmo precisamos saber qual decreto seguir se o do prefeito ou do governador” – Disse o proprietário de um bar do município de Mata Grande que manteve contato pelo whatsapp com a nossa equipe redação.

Nossa equipe de redação também entrou em contato com a assessoria de comunicação do prefeito Erivaldo Mandu e fomos informados que os moradores e comerciantes do município de Mata Grande devem seguir o Decreto Municipal, uma vez que os prefeitos também possuem autonomia para decidir sobre as medidas de enfrentamento ao Covid-19 em seus territórios. A redação também tentou contato com a Assessoria do Governo do Estado para comentar a divergência de horários e sobre qual decreto os moradores e comerciantes de Mata Grande deveriam seguir, porém não obteve retorno.