25/03/21

[DIREITO DE RESPOSTA] Nota de esclarecimento - ASCOM/CASAL

Em virtude de conteúdo publicado pelo Central do Sertão nesta quarta-feira (24), cujo título é “"Eu não acredito nesse homem", diz morador de Mata Grande sobre presidente da CASAL”, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) esclarece:

Em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa Estadual (ALE) no dia 29 de março de 2019, o presidente da Casal, Clécio Falcão, em resposta a questionamentos feitos durante a sessão, explicou que as Estações Elevatórias de Água Tratada ao longo da adutora do Sistema Coletivo do Sertão passavam, naquele momento, por obras de revitalização e modernização, com substituição de conjuntos motobombas.

O investimento foi de aproximadamente R$ 10 milhões, com recursos próprios da Companhia, e o principal objetivo era melhorar o abastecimento de Água Branca, Inhapi, Mata Grande e Canapi, principalmente desses dois últimos. Essas estações, frise-se, fazem parte do processo de transporte da água até essas cidades. O presidente explicou que em até 60 dias as obras seriam concluídas, o que de fato ocorreu.

Para que funcionem adequadamente, os conjuntos motobombas modernos e de maior potência (300 a 400cv) instalados nas cinco Estações Elevatórias de Água Tratada, chamadas de EEAT-04, EEAT-05, EEAT-06, EEAT-07 e EEAT-08, precisam do fornecimento de energia elétrica a contento. Algum tempo após serem instalados, ocorreu um evento na rede elétrica e três desses equipamentos foram danificados.

Diante disso, a Casal e a empresa responsável pela instalação acionaram a concessionária de energia, que a partir daquele momento iniciou as tratativas para em seguida realizar obras na região, as quais resultaram na substituição de equipamentos em sua estrutura.

Já os três conjuntos motobombas foram retirados pela empresa responsável pela instalação e pela Casal e levados para a fábrica, em São Paulo, onde passaram por manutenção, a qual levou mais tempo que o normal em razão da pandemia de coronavírus. Até o começo de abril eles serão transportados de volta a Alagoas e, com a instalação e os testes feitos, espera-se que, até o final do próximo mês, estejam em pleno funcionamento.

Desse modo, a Casal reafirma que mantém seu compromisso com os moradores do Alto Sertão para melhorar o serviço e fazer os investimentos necessários para que a população tenha água com regularidade e conforto. Para isso, a Companhia tem empenhado total esforço, conhecimentos técnicos e recursos a fim de beneficiar a população local.

Maceió, 25 de março de 2021