13/06/22

Jornalista canapiense concorre a Prêmio Internacional de Jornalismo com reportagem sobre fraude no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação do FNDE.

 

Redator do site Central do Sertão, Marcio Martins concorre na categoria texto do Prêmio Gabo 2022 da Fundación criada pelo Jornalista, Nobel‌ ‌de‌ ‌Literatura‌ ‌Gabriel‌ ‌García‌ ‌Márquez. 

Por: Redação 

O Jornalista canapiense Marcio Martins está concorrendo a ao Prêmio Gabo 2022 da Fundación criada pelo Jornalista, Nobel‌ ‌de‌ ‌Literatura‌ ‌Gabriel‌ ‌García‌ ‌Márquez. Redator do site Central do Sertão, Marcio Martins concorre na categoria texto com uma reportagem sobre fraude no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE) do FNDE no município de Mata Grande no alto sertão de Alagoas descoberto em Janeiro do corrente ano (2022) que mostrou entre outras coisas, a inserção de dados falsos da Folha de Pagamento dos profissionais da educação, que levou a gestão municipal a declarar salários absurdos de até R$: 29.900,00 (Vinte e nove mil e novecentos reais) que dezenas de servidores nunca receberam. A matéria logo ganhou ampla repercussão na cidade e região, obrigando a Prefeitura a emitir uma nota de esclarecimento na qual alegou que não tinha conhecimento do que chamou de "erro", determinou a abertura de uma sindicância, pediu desculpas aos educadores que se sentiram prejudicados e agradeceu ao Jornalista responsável (Marcio Martins) pela descoberta. Não somente isso, o caso ainda ganhou desdobramento junto ao MPF – Ministério Público Federal. (Relembre AQUI!

O PRÊMIO 

Em sua 10ª Edição do Prêmio Gabo da Fundación criada pelo Jornalista, Nobel‌ ‌de‌ ‌Literatura‌ ‌Gabriel‌ ‌García‌ ‌Márquez tem a finalidade de promover referências em excelência, coerência ética e inovação no jornalismo ibero-americano e que contribuam para informação de cidadãos ativos e mais bem informados, indispensáveis para a construção de democracias sólidas e sustentáveis. 

Os trabalhos participantes serão avaliados por grupos de jurados autônomos, formados por jornalistas reconhecidos de diversos países e responsáveis pela pré-seleção, avaliação e seleção final dos melhores trabalhos para entrarem nas listas de finalistas e vencedores das cinco categorias em disputa. Os membros do Conselho poderão ser parte do painel de jurados na última rodada de disputa em diversas categorias. 

Nas modalidades em disputa, o Prêmio será dado no julgamento dos trabalhos jornalísticos publicados pela primeira vez em língua espanhola ou portuguesa entre 1 de julho de 2021 e 7 de junho de 2022.

Os trabalhos participantes deverão se inscrever na plataforma do Prêmio entre 27 de abril e 15 de junho de 2022.

Os trabalhos apresentados serão premiados em 05 categorias: 

Texto: para o autor ou autores do melhor trabalho de jornalismo escrito.

Fotografia: para o autor ou autores do melhor trabalho de cobertura fotográfica.

Áudio: para o autor ou autores do melhor trabalho de jornalismo sonoro.

Imagem: para o autor ou autores do melhor trabalho jornalístico em audiovisual, vídeo, animação ou outras formas de visualização digital.

Cobertura: para o autor ou autores do melhor trabalho sobre notícias, investigações e temas da atualidade em qualquer tipo de formato ou linguagem. 

Os vencedores de cada categoria em disputa deverão aceitar previamente e se comprometer a participar da cerimonia de premiação e das atividades do Festival Gabo.

Em cada uma das cinco categorias o vencedor vai receber como troféu um exemplar da escultura Gabriel, criada pelo artista colombiano Antonio Caro, um certificado de participação e a soma bruta de trinta e cinco milhões de pesos colombianos ($35.000.000), cerca de R$: 45.000,00 (Quarenta e cinco mil reais) que serão pagos, após taxas e impostos, via transferência bancária a uma conta no nome do vencedor em até quarenta e cinco (45) dias úteis após a premiação. 

“Em meio a implacável perseguição política que venho sofrendo como é de conhecimento público e notório, só o fato de ter a minha reportagem aceita pela organização de um dos prêmios de Jornalismo mais importantes do cenário internacional, por seguir todos os critérios de inscrição, como registro, perfil, experiência e relevância, já me considero um vencedor, pois mais uma vez assim como foi o meu ingresso na Academia de Letras, o registro da minha biografia do ABC das Alagoas, os prêmios regional e o estadual de Jornalismo que ganhei, mais uma vez estou tendo a oportunidade de levar o nome da minha cidade, do meu estado, e do meu nordeste de forma positiva, desta vez, além das fronteiras do meu país” – Comemorou Marcio Martins.

SOBRE MARCIO MARTINS

Natural de Itaíba\PE, nascido em 16\05\1985, residente no pequeno município de Canapi localizado no alto sertão do Estado de Alagoas desde o 1º ano de vida, filho de Marinalva Rodrigues Martins e Euclides Rodrigues Martins, o Jornalista José Marcio Rodrigues Martins [REG. PROFISSIONAL: 0002126\AL], iniciou no Jornalismo Digital em 2011 com a criação do primeiro blog de notícias de Canapi na internet o "Canapi Agora". Em 2021 concluiu o curso de Jornalismo Investigativo complementando o de Jornalismo Online concluído em 2013 com certificação reconhecida pela ABED - (Associação Brasileira de Educação a Distância). Ainda em 2013, se tornou membro associado da ABJ - Associação Brasileira de Jornalismo. Com passagem por diversos sites do Estado de Alagoas, tais como: Rota do Sertão,  Editora Guia Mais, Mais Notícias, Correio Notícias e pelo Portal Minuto Sertão do Grupo Cada Minuto onde em 2012 ganhou o prêmio Evandro Cardoso de Jornalismo na categoria "Blog mais Acessado", até que em 2022 veio a conquista de outro prêmio importante de sua carreira, o de Destaque do Jornalismo Alagoano, premiação promovida pelo Jornal Alagoas na Mídia. 

Alvo de 32 processos judiciais movidos em conjunto por 01 prefeito, 05 secretários e 10 vereadores todos de uma única vez e todos vencidos em 1ª instância e 2º Instância. Marcio Martins se tornou vítima do maior caso de perseguição política contra jornalista do estado de Alagoas. Seu crime: Levar a seus leitores de forma combativa e destemida, informações públicas detalhadas que os “donos do poder” e os “Coronéis do século XXI” não querem que a população saiba e muito menos entenda.  

Com 11 anos de atuação no Jornalismo Investigativo e Independente e mais de 5.000 artigos e matérias publicadas, atualmente Marcio Martins integra a equipe de redação do site Central do Sertão, é também escritor reconhecido pelo renomado site ABC DAS ALAGOAS, (Dicionário Bibliográfico, Histórico e Geográfico de Alagoas, referência do Patrimônio histórico, artístico e cultural do estado), autor do Livro IndignAÇÃO e imortal da Academia Arapiraquense de Letras e Artes (ACALA), foi Conselheiro Tutelar (2007\2012), Radialista na extinta Rádio Comunitária Canapi-FM (2010\2011), candidato a vereador em 2012 e a Prefeito de Canapi em 2020 (não eleito), Educador Social e Coordenador da ONG Visão Mundial em Inhapi\AL (2014\2015) e chegou a cursar até o 6º período os cursos de Matemática (UFAL) e Administração (UNINTA).