05/06/21

Rodrigo Cunha cobra à Braskem celeridade nas indenizações às famílias do Pinheiro, Bebedouro, Mutange e Bom Parto

 "Nossa meta é apoiar as demandas das comunidades atingidas pelo afundamento do solo nestes bairros em Maceió", disse o senador 

Por: Assessoria / Foto: Gerdan Wesley/Assessoria 

O senador Rodrigo Cunha (PSDB) se reuniu com o gerente de Relações Institucionais da Braskem Alagoas, Milton Pradines, para apresentar formalmente à empresa demandas da população afetada pelo afundamento do solo dos bairros do Pinheiro, Bebedouro, Mutange e Bom Parto, em Maceió. Rodrigo Cunha vem atuando em busca de solução para este problema desde que os primeiros indícios de afundamento do solo surgiram em Maceió. 

Na pauta do encontro, reclamações das comunidades que chegaram ao conhecimento do senador, dando conta de redução nos valores propostos pela empresa para as indenizações devidas às famílias prejudicadas pelo fenômeno geológico, assim como sobre atrasos nas respostas acerca das propostas formuladas pela empresa.

“Venho acompanhando desde o começo este tema tão importante para Maceió e para Alagoas. Nossa meta é apoiar as demandas das comunidades atingidas pelo afundamento do solo nestes bairros em Maceió. A população do Pinheiro, do Bebedouro , do Mutange e do Bom Parto apresentou questões a mim, sobre o andamento das tratativas com a Braskem. Por isso solicitei esta reunião com o representante da área de Relações Institucionais da mineradora, com o intuito de não somente pedir solução para as demandas da população, como também para acompanhar o andamento das negociações com as famílias. Seguiremos nesta luta em prol das comunidades destes bairros”, disse Rodrigo Cunha.

Após a reunião, a Braskem se comprometeu em encaminhar a Rodrigo Cunha um relatório sobre a evolução dos acordos e indenizações realizados entre a mineradora e as populações dos bairros afetados. O senador também reiterou seu empenho em “receber os pleitos da população e intermediar o contato com a Braskem com o objetivo de se que sejam agilizados os processos de pagamento aos moradores de forma justa”.