11/06/21

“Qual a perspectiva de vida para quem busca estudar em Mata Grande?” – Desabafa aprovado em concurso público do município.

Confira na íntegra o texto em tom de indignação de um dos aprovados no certame municipal enviado redação do site Central do Sertão.

QUAL A PERSPECTIVA DE VIDA PARA QUEM BUSCA ESTUDAR EM MATA GRANDE???

Estudamos, nos esforçamos, passamos noites em claro, buscando concluir o ensino fundamental, o ensino médio, a tão sonhada faculdade. Para estar apto com as exigências de um edital do concurso público do nosso município. Nos colocamos a estudar ainda mais para conseguir uma vaga das pouquíssimas ofertadas; quantidade de vagas que não supre nem de longe a carência existente na área da educação. Todo o esforço e empenho diário em contato permanente com livros e apostilas, finalmente foi retribuído com a aprovação dentro das poucas vagas disponibilizadas. A alegria e a sensação de vitória, nos contagia, nos invade a alma. Mas é um êxtase momentâneo; em seguida vem uma grande frustração, a realidade vivida atualmente nos mostra que buscar concluir os estudos e continuar a estudar, não garante vagas em concurso público de Mata Grande. A alternativa que nos resta é buscar respaldo na lei, para assim conseguirmos o que é nosso por direito. A atitude arbitrária dos governantes do nosso município, mostra o quão fragilizado se encontra o processo educacional da cidade. Pouquíssimas pessoas da cidade conseguiram garantir sua vaga, especialmente vários profissionais que já trabalham na educação do município. 

Como um professor que atua em sala de aula nesta cidade, consegue estimular seus alunos a estudar??? Definitivamente ser professor e fazer parte do processo educacional deste município é como pregar no deserto.

Na certeza de não está tirando o emprego de ninguém, mas buscando colher os frutos de dias e noites de intenso estudo, continuo acreditando que a educação é o que nos propicia boas oportunidades na vida. Menos em MATA GRANDE.