PREFEITURA DE INHAPI

domingo, 4 de maio de 2014

Inhapiense é vítima de golpe do sequestro por telefone neste Sábado

O Inhapiense Cícero de Doro entrou para as estatísticas alarmantes que vem crescendo no estado de Alagoas, ao se tornar vítima de um golpe de estelionato neste sábado, (03).

Cícero de Doro recebeu uma ligação de um homem não identificado dizendo que teria sequestrado uma de suas filhas, e que se o mesmo não depositasse uma certa quantia em uma conta bancária os mesmos não a libertariam, ao fundo ouvia-se os gritos de uma jovem pedindo socorro.

O mesmo que no momento não se encontrava no município disse aos golpistas que não poderia realizar tal ação devido estar naquele exato momento dentro de um hospital acompanhando seu irmão, Os mafiosos pediram então que ele realiza-se a recarga no valor de R$150,00 em um determinado número.

O senhor de idade já apavorado não pensou duas vezes e realizou a ação, só ao chegar em casa pode confirmar que tudo graças a Deus não se passava de um golpe. Uma de suas filhas postou nas redes sociais o depoimento e pediu para que a população de Inhapi e região esteja em alerta no caso destas situações voltarem a se repetir. Acompanhe:

"Muito preocupada e muito feliz. Preocupada, pois meu Pai acabou de cair num golpe de sequestro, onde ligaram e disseram está com uma de suas filhas e ele teria que depositar um valor X, na conta desses mafiosos, enquanto isso uma mulher gritava: Pai me socorra, pai, pai, eles vão me matar. E meu pai desesperado não tinha o valor, pois estava em Santana do Ipanema com o meu tio no hospital, disse que não tinha como depositar. Os mafiosos pediram que ele fizesse recarga de celular no valor de R$ 150,00. E meu pai sem entrar em contato com agente fez a recarga, após isso foi que caiu a ficha e ele percebeu que era um golpe. Fiquei feliz, pois isso foi só um golpe e que estamos bem. Já meu pai disse que ficou desnorteado e muito confuso, pois parecia ser tudo verdade. Obrigado painho por essa preocupação por essas suas filhas que te ama muito"

Por Inhapi em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário