segunda-feira, 5 de maio de 2014

Jovem é assassinado com mais de dez tiros no rosto em Santana do Ipanema

Adolescente de 15 anos ficou ferido e três pessoas acusadas do crime foram presas em flagrante.
Por Jota Silva
O jovem Emerson Ferreira Maciel, conhecido como “Jujuba”, 20, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na manhã do último domingo (4), por volta das 11h30, no Sítio Serrote dos Bois, zona rural de Santana do Ipanema. Um adolescente também ficou ferido e três pessoas acusadas do crime foram presas em flagrante.

Segundo testemunhas, Emerson Ferreira estava em um campo de futebol, quando três homens, todos armados, chegaram em duas motocicletas e começaram a atirar na vítima que foi atingida com pelo menos doze disparos, maioria no rosto. “Jujuba” morreu na hora e os criminosos fugiram.

Durante o atentado, um adolescente de 15 anos de idade que estava próximo da vítima foi baleado e socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sendo levado para a Unidade de Emergência do Agreste (UEA), em Arapiraca. Conforme parentes, o mesmo não corre risco de morte.

Policiais do 7º Batalhão de Polícia Militar foram acionados pouco depois do homicídio e durante diligências acabaram localizando os três suspeitos do assassinato que foram encontrados em uma estrada vicinal, próximo do local do crime. Durante revista, foi apreendido com cada um deles um revólver calibre 38, além de seis munições intactas.

Os presos foram identificados como Jamerson Bertoldo da Silva, 27, Cleber Brito Soares, 23, e Iranilson Lourenço de Souza, 19, todos moradores da cidade. Jamerson é morador da rua Santa Sófia, no bairro Lajedo Grande; Cleber reside na rua B, no bairro da Floresta e Iranilson mora na rua Maurício Amâncio, no bairro Lajedo Grande.

Na Delegacia Regional de Polícia (2ª-DRP), o trio contou que estava fugindo, quando uma das motocicletas deu problema e os três tiveram que fugir numa só moto, situação que terminou com eles presos. Um dos acusados, o Jamerson, confessou a autoria do crime e alegou que matou “Jujuba” por vingança, já que ele teria tentado lhe matar uma vez.

Na cadeia foi levantando que a vítima residia na cidade, na Rua Lourival Amaral, no bairro Santo Antônio e era apontado como autor de vários crimes, entre eles dois homicídios, um contra Clebson Brito Soares, conhecido como “Binho”, 24, morto na última quarta-feira (30). O rapaz que seria líder do tráfico de drogas em três bairros da cidade era irmão de Cleber Brito, um dos presos.

Os acusados foram autuados em flagrante delito pelos crimes de homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo. O caso deve ser investigado pelo delegado regional, Ederaldo Azevedo.

O corpo de Emerson Ferreira foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), em Arapiraca.

 Crédito: Cortesia/PM/AL

Nenhum comentário:

Postar um comentário