sábado, 2 de janeiro de 2021

[DELMIRO] Reajuste salarial da prefeita, do vice e dos secretários municipais e adjuntos terá o impacto de mais de R$ 1,5 milhão de reais no Orçamento Municipal.

 

No total serão mais de R$: 3,2 milhões de reais gastos somente com salários de apenas 30 agentes políticos em 2021 caso a prefeita Ziane Costa resolva sancionar o projeto aprovado pela Câmara de vereadores no apagar da luzes de 2020.

Por: Redação / Crédito: Divulgação/Google Imagens

Continua dando o que falar o polêmico projeto aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores de Delmiro Gouveia no apagar da luzes de 2020 que reajustou significativamente os salários da prefeita de R$: 15.000,00 para 25.000,00; do vice-prefeito de R$: 10.000,00 para R$: 16.666,70 e dos secretários municipais de R$: 5.000,00 para R$: 10.000,00 e adjuntos de R$: 3.880,00 para R$: 7.000,00. Isso porque, a prefeita eleita Ziane Costa (MDB) em recente entrevista a imprensa delmirense, deu sinais de que não irá vetar o projeto ao dizer que não é contra o projeto, mas que irá avaliar se veta ou sanciona.

Todavia, se a prefeita que tomou posse nesta sexta-feira (01) não vetar o polêmico projeto, o impacto no Orçamento Municipal será de mais de R$: 1,5 milhão de reais, haja vista que além da prefeita e do vice que só este ano receberão de reajuste, respectivamente R$: 120 mil reais e R$: 80 mil reais, pelo menos outros 28 agentes políticos poderão ser beneficiados, uma vez que a Prefeitura Municipal é composta por 12 secretarias municipais e mais 02 órgãos com status de secretaria, Gabinete da prefeita e a SMTT. Ou seja, R$: 840 mil reais gastos com 14 Secretários e R$: 524 mil reais com Sec. adjuntos.

Para resumo de conversa, no total serão mais de R$: 3,2 milhões de reais gastos somente com salários de apenas 30 agentes políticos em 2021, R$: 1,5 milhão a mais que 2020. E quem paga essa conta é você cidadão delmirense.