PREFEITURA DE INHAPI

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Mãe e filha de três anos são assassinadas dentro de táxi no interior de AL

Uma jovem de 27 anos e a filha dela que estava no colo, de aproximadamente 3 anos, foram assassinadas, no começo da tarde desta segunda-feira (4), no terminal rodoviário da Chã do Pilar, no município do Pilar, região metropolitana da capital. Segundo a polícia, homens encapuzados que estavam em um veículo pararam o táxi onde as vítimas estavam e abriram fogo. A mulher e a garota foram atingidas por vários tiros. O motorista do táxi sofreu um disparo nas costas e foi levado para o hospital.

A cena foi de uma verdadeira guerra, segundo contou populares aos militares do Regimento Polícia Montada (RPMon), mobilizados até o local depois que o fato aconteceu. Testemunhas relataram que os bandidos, pelo menos dois, estavam escondidos em um veículo Celta, de cor vermelha e placa não anotada. A dupla desceu do carro, aproximou-se do táxi Pálio Wekend, de cor prata e placa NLY 2088/Viçosa/AL, e foi logo disparando tiros de pistola.

Além do condutor, da jovem e da criança, mais duas pessoas estavam no táxi. Elas conseguiram escapar dos tiros correndo e não foram baleadas. Já a mãe e a bebê levaram vários tiros, foram socorridas pelos militares, ainda com vida, para o mini-pronto-socorro da Chã do Pilar, onde chegaram mortas. O motorista Marcos André da Silva Barreto Falcão, de 37 anos, levou um tiro nas costas e contou que não sabia o que tinha motivado a ação criminosa. “Ele nos disse que não devia nada”, revelou um militar do RPMon.
A jovem Maria Cícera da Silva havia pego o táxi na Praça Deodoro, com a filha, e seguia para casa, no município de Cajueiro. Ela levou vários tiros pelo corpo e, de acordo com os policiais, a criança sofreu um tiro na cabeça e morreu quase que instantaneamente.

A cena de guerra foi presenciada por dezenas de pessoas que estavam no terminal rodoviário aguardando a condução. Todos começaram a correr depois que os tiros começaram a ser disparados. A identidade dos criminosos ainda é um mistério, já que estavam encapuzados. Eles fugiram assim que 'descarregaram' a arma.

A Polícia Militar fez rondas pelo bairro e regiões mais próximas na tentativa de localizar os suspeitos, mas até a redação desta matéria nenhum havia sido preso. O corpo da jovem e da filha vão ser recolhidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió.

Fonte: Gazetaweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário